Home » Notícias

Category Archives: Notícias

Leia também:

Saiba quais são os piores salários do Brasil

A remuneração é um dos fatores mais importantes para a classificação de um trabalho como bom ou ruim. Quando o salário não vai tão bem, o trabalho também perde o valor. Imagine como ficam os empregos de quem recebe os piores salários do Brasil. Uma pesquisa apontou quais são as vagas que oferecem as remunerações mais baixas ou insuficientes do país.

As profissões com os piores salários do Brasil

No Brasil, os trabalhadores têm uma média salarial de R$ 1,7 mil, segundo um levantamento do IBGE. O valor corresponde a um pouco menos do que o dobro do salário mínimo nacional, que está fixado em R$ 880. Mas esses valores são relativos. O desgaste que um trabalho causa, a demanda de profissionais da área e o ambiente de atuação ajudam a definir se as remunerações oferecidas são satisfatórias ou não.

Foi analisando esses fatores de influência, aliados aos valores da remuneração média no país, que o site de busca de empregos Adzuna chegou à relação de piores salários do Brasil. Cruzando fatores de ambiente de trabalho, a competitividade da profissão, a facilidade para conseguir vagas e o potencial financeiro, 10 profissões formaram a lista.

A primeira delas é a de motorista de ônibus. Segundo o SINE, a média salarial dessa profissão é de R$1,6 mil, próximo da média nacional. Acontece que essa área está no topo dos piores salários do Brasil pelo risco que oferece. A remuneração é baixa diante dos riscos de acidentes, assaltos, da responsabilidade de transportar pessoas e do quanto é prejudicial à saúde.

Dirigir ônibus é atividade profissional com pior remuneração do país, segundo estudo de site de empregos.

Entregadores também estão nas primeiras posições. Com remuneração de cerca de R$ 1,2 mil, eles têm cargas horárias reduzidas, mas correm altos riscos no trânsito por precisar cumprir prazos para entregas, além de assumirem a responsabilidade por produtos e documentos. Assim também os auxiliares de cozinha, que ganham cerca de R$ 1,2 mil e correm altos riscos de acidentes.

Jornalistas estão na quarta colocação e são os primeiros da lista entre os piores salários do Brasil para profissões em que o diploma de formação é importante. Os salários ficam na média de R$ 2,5 mil, assumindo os riscos da publicação de dados que afetam diretamente a população, além de estarem nas ruas e, não raro, sofrerem ameaças em função de denúncias que realizam.

No quinto lugar, uma das mais nobres profissões da sociedade: os policiais. Os militares, que fazem patrulhas e trabalham mais diretamente nas ruas – e por isso correm mais riscos de vida em confrontos com bandidos e acidentes durante perseguições – têm um dos piores salários do Brasil, já que, segundo o SINE, sua média de remuneração gira entre R$ 3 mil e R$4 mil.

Ainda estão na lista dos piores salários do Brasil profissões como vendedores, com média de R$ 1,6 mil, empregadas domésticas, que recebem cerca de R$ 900, garçons e seus salários de R$ 1,2 mil, assistentes sociais, remunerados em aproximadamente R$2,5 mil, e seguranças, que têm pagamentos em torno de R$ 1,6 mil.

Salários dos profissionais no campo chegam a R$ 7 mil

Apesar de a maioria das vagas ser para a área operacional como operadores de máquinas e auxiliares de produção, por exemplo, também há oportunidades para agrônomos, veterinários, engenheiros de alimentos e técnicos agrícolas.

De acordo com profissionais da área, o salário para quem não tem nível superior fica entre R$ 600 e R$ 1,7 mil, enquanto os técnicos recebem remuneração média de R$ 2,5 mil. Já para profissionais graduados como os veterinários, o salário varia entre R$ 5 mil e R$ 7 mil.

Levando em conta o valor atual do salário mínimo, o que é pago aos profissionais do campo é um ótimo salário. Com a atual situação financeira do país, muitas pessoas estão desempregadas ou então recebendo um salário extremamente baixo, com dificuldades de sustento.

O destaque fica por conta dos agrônomos, que, ao atuarem como consultores nas fazendas, podem faturar até R$ 60 mil por ano, com visitas semanais ou quinzenais. O Complexo Avícola Mauricea Alimentos, implantado em novembro de 2010 no município de Luís Eduardo Magalhães, emprega cerca de 765 funcionários, mas ainda necessita de pelo menos 1,5 mil pessoas para completar o quadro.

“São vagas que vão desde o abatedouro até o pessoal administrativo”, explica o gerente Adauri Menger. Os interessados podem enviar currículo para o endereço eletrônico [email protected].

As oportunidades não ficam restritas à indústria. A colheita e beneficiamento dos produtos agrícolas também é um grande vetor de empregabilidade. Prova disso está na Pinheiro Zuttion Agropecuária, situada no município de São Desidério na região de Barreiras, oeste baiano. Com 3 mil hectares de área plantada com milho, café, soja e algodão, a engenheira agrônoma Zirlene Zuttion prevê 20% de aumento nos postos de trabalho este ano.

“A perspectiva de geração de empregos só aumenta. Como a gente está colhendo mais, precisa de mais gente para beneficiar os produtos”, explica ela, que tem 50 funcionários fixos.

Sindicato dos Professores se reúnem com prefeito de Gravatá e falam sobre reajuste salarial

Representantes do Sindicato dos Professores Municipais de Gravatá (SIPROG) se reuniram na manhã desta terça-feira (24) com o prefeito e o secretário de governo, Bruno Martiniano (PTB) e Neto da Banca, respectivamente. O encontro aconteceu no gabinete do Poder Executivo no Palácio Joaquim Didier e teve como objetivo principal acompanhar os procedimentos necessários para a sanção do Projeto de Lei de reajuste salário da categoria na ordem de 13,1% (treze virgula um porcento).

O Salário Mínimo é uma remuneração mínima, existente em diversos países. O salário mínimo pode ser regional, definido em cada estado ou então, federal, definido pelo Governo. Com o valor, as empresas também são impedidas de abusar da remuneração mensal paga os funcionários.

Os trabalhadores ficam bastante preocupados em relação ao reajuste do salário mínimo, pois não sabem quanto será o valor do mesmo no próximo ano. Normalmente, a divulgação é feita nos últimos meses do ano. O valor do salário é definido de acordo com a inflação e o PIB do país.

O impasse está na não votação do Projeto de Leia na Câmara Municipal por falta de quórum. Seis vereadores de oposição não participaram da reunião sob a alegação na legitimidade da atual mesa diretora, que segundo eles não estaria autorizada a realizar a reunião da última semana.

Os procedimentos para o decreto da lei devem por ordem do executivo será necessário a determinação de justiça seja por via de Notificação ou Termo de Ajuste de Conduta. Na reunião com os professores participaram também o Procurador-geral do município e Advogado Dr. Saldanha e o secretário de imprensa, Cláudio Castanha.

O que o funcionário deve saber para não sair perdendo na demissão?

A demissão é algo temido pelos trabalhadores brasileiros. Quando ela é inevitável, é preciso que o mesmo esteja ciente de seus direitos trabalhistas e assim, não sair mais prejudicado ainda pela demissão. Vamos explicar a seguir o que o funcionário deve saber para não sair perdendo na demissão. Veja mais no texto a seguir:

Seguro Desemprego

A primeira coisa que você deve saber sobre a demissão é que se ela vier a ser sem justa causa, você pode ter direito a solicitar o benefício. O seguro desemprego garante um auxílio financeiro para que o funcionário recentemente demitido possa atender suas necessidades básicas antes de encontrar um novo emprego

O valor do benefício irá vir a depender do tempo de serviço prestado, podendo varia de 3 a 5 parcelas. O tempo mínimo de carteira assinada para ter direito ao seguro é de 9 meses, que dá direito a 3 parcelas, enquanto 12 meses garantem 3 parcelas. Para receber 5 parcelas do benefício, é preciso que o funcionário trabalhe por, pelo menos, 24 meses.

Antes de solicitar o seguro desemprego, verifique quais são os documentos necessários para dar entrada no Seguro e faça o seu agendamento do seguro desemprego.

O empregador que estiver preses a realizar uma demissão, deve avisar ao funcionário com, pelo menos, 30 dias de antecedência ou paga a remuneração referente a estes 30 dias sem que o mesmo vá trabalhar na empresa.

É importante que o trabalhador verifique se a situação do aviso prévio está regular para que não saia prejudicado financeiramente e nem perca tempo com a empresa da qual foi desligado.

13º salário proporcional

Ao ser desligado da empresa, você tem direito a receber a quantia correspondente ao 13º proporcional ao temo de meses trabalhados desde o primeiro dia do ano até a demissão, incluindo também os 30 dias de aviso prévio.

Muita gente não sabe, mas com poucos dias de serviço, você já pode ter direito ao benefício proporcional.

É preciso estar atento aos direitos trabalhistas que estão disponíveis para dar suporte a você para que possa se estabilizar e encontrar um novo emprego. Mas se você vier a ser demitido por intermédio de comprovação por justa causa, os seus direitos são reduzidos e você não irá receber nenhum dos valores mencionados.

Portanto, é bom que você sempre mantenha a sua conduta dentro da empresa e não infrinja as regras estabelecidas pelo empregador. Garanta a sua permanência no seu emprego para que se preciso, você possa utilizar os benefícios mencionados.

Aumento de salário dos professores nos últimos 3 anos

O ministro da Educação, Paulo Renato, anuncia aumento de salário dos professores nos últimos 3 anos por causa do Fundef. O aumento médio foi de 29,5%. No Norte chegou a quase 60% e no Nordeste foi de 35 %. O ministro anunciou também o lançamento do Sistema de Apoio à Elaboração do Plano de Carreira e Remuneração do Magistério.

Normalmente, os salários pagos aos profissionais de determinadas áreas se baseiam no valor do salário mínimo atual, o qual é alterado todos os anos e sofre reajustes conforme a situação atual do país. O salário mínimo é divulgado todo final de ano pelo Governo Federal.

Dia do Poeta – entrevista com um poetinha de 10 anos, João Miguel França Amaral, que já tem uns 15 poemas escritos, e já publicou um trabalho no livro da escola. Ele está na 4ª série. João dá dicas de como escrever um poema, antes de tudo, segundo ele, é preciso confiar na inspiração e saber bem o português.

Deu no Jornal – Num povoado da França, foi determinado que morrer é um grave delito. Parece absurdo, mas é verdade. O cemitério do povoado está lotado e um tribunal da região recusou, este mês, os planos de construir um novo cemitério por achar que o projeto poderia mudar a paisagem ou até a própria história do local. Conclusão: quem não tem túmulo no cemitério, não pode morrer no território deste município.

A Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi) informa que mais de 2 mil crianças e adolescentes trocaram o trabalho nos lixões pela escola. A campanha “Criança no Lixo, Nunca Mais” foi lançada há um ano pelo Fórum Nacional Lixo e Cidadania. Dez programas apoiados diretamente pelo Unicef ajudaram a tirar 2.236 crianças do trabalho nos lixões. Os projetos foram desenvolvidos em Teresina/PI, Olinda/PE, Salvador/BA, Belo Horizonte/MG; Aracaju/SE, Natal/RN; Manaus/AM; Belém e Ilha do Marajó/PA, Fortaleza/CE e São Bernardo do Campo/SP.

Luiz Alberto dá 20 dicas para se ter uma vida longa e saudável. As dicas são da médica Vya Estelar.

Alô para os ouvintes de Cedro, no Ceará, que escutam o Escola Brasil pela retransmissora Rádio Montevideo AM ZYH 660. A cidade está fazendo aniversário amanhã, dia 21.

Como solicitar passe livre do idoso

Idosos, estudantes e portadores de deficiência possuem o direito por lei de gratuidade no transporte público. Esse serviço é conhecido como Passe Livre e capitais brasileiras e cidades interioranas estão regularizando pouco a pouco. É possível solicitar o Passe Livre do Idoso sem qualquer custo e de forma simples, o que você aprende a seguir.

O que é o Passe Livre do Idoso?

O Passe Livre do Idoso é um direito a não pagar passagem em transporte público. Esse direito é previsto em lei é assegurado desde a Constituição de 1988 e mais recentemente reforçado pelo Estatuto do Idoso de 2003.

O Estatuto prevê que maiores de 65 anos não devem pagar passagem, mas em alguns Estados esta idade varia para maiores de 60 anos de acordo com leis municipais.

O funcionamento do Passe Livre do Idoso muda em algumas cidades, mas no geral é bem simples.

Em alguns locais basta mostrar uma carteirinha para o motorista ou cobrador de ônibus e entrar de graça. Em outros o senhor ou senhora de idade avançada possui o direito de tirar um cartão eletrônico e usar o serviço como qualquer outro cliente sem precisar se identificar como idoso. A forma operacional muda, mas o direito à gratuidade para o idoso é um processo nacional e funciona muito bem.

Como tirar documento

O modo para tirar o cartão muda de acordo com o Estado e as regras da cidade. O passo a passo é simples e muda apenas o órgão que vai reconhecer os documentos. Quem possui direito com maior de 65 anos deve:

  • ter em mãos seus documentos pessoais como identidade, CPF e comprovante de residência
  • levar os documentos até a sede do sindicato das empresas de transporte coletivo de sua empresa ou prefeitura da cidade ou outro posto de atendimento divulgado na mídia para fazer o serviço
  • solicitar o documento e preencher os dados necessários

Pronto. Seu cartão chegará em alguns dias no mesmo local solicitado. Marque o dia, volta ao espaço e com Passe Livre em mãos já pode desfrutar dos benefícios no mesmo dia.

Algumas empresas de transporte aceitam procuração para realizar o cadastro, mas outras exigem pessoalmente a presença do passageiro. Verifique antes como é o processo em sua cidade.

É preciso ter Passe Livre do Idoso para andar de ônibus de graça?

Na maioria das cidades brasileiras sim, mas em alguns Estados como Rio de Janeiro e Recife é preciso apenas apresentar um RG. Vale ler com calma as regras de sua cidade e verificar como o processo para conseguir a gratuidade nos ônibus.

Em muitos casos é preciso apenas atualizar retirando uma segunda vida da sua carteira de identidade com a identificação Idoso Maior de 65 anos.

Outros benefícios do Idoso

O Estatuto do Idoso também traz outros benefícios listados para os maiores de 65 anos, como:

  • meia entrada em shows e eventos culturais por obrigatoriedade
  • gratuidade no IPTU (confira as condições da sua cidade)
  • prioridade em processos jurídicos
  • isenção de imposto de renda
  • prioridade em programa habitacional
  • descontos em eventos culturais diferenciados, dentre outros.

Benefícios do governo para trabalhadores de baixa renda!

O Governo Federal na busca da melhoria de qualidade de vida dos brasileiros mantém bons benefícios para famílias de baixa renda. A proposta não é apenas dar dinheiro a quem não tem renda mas ajudar quem ganha pouco a ter uma melhor alimentação, transporte e estudo. Conheça alguns dos benefícios e quem tem direito a eles.

Benefícios do governo com complementação de renda

Famílias sem salário algum ou com renda de até dois salários mínimos possuem direito ao programa Bolsa Família. O programa é uma ajuda financeira mensal para ajudar na feira básica com valores que vão de R$ 39 a R$ 1170. Não podem ultrapassar R$ 195 em uma única família.

Possuem direito à bolsa família:

  • famílias em situação de extrema pobreza
  • famílias de baixa renda
  • crianças de 0 a 6 meses
  • lactantes com crianças de até um ano
  • gestantes para recebimento de uma bolsa por até 9 meses
  • adolescentes de 15 a 17 anos matriculados e frequentes na rede pública de ensino

Para se cadastrar é preciso procurar os postos de atendimento de sua cidade. Tenha em mãos comprovante de residência, de renda e documentos pessoais de quem vai receber a bolsa. Para saber mais é só clicar aqui.

Benefícios do governo para educação

Não é preciso calcular na ponta do lápis para saber que há muito mais estudantes do ensino médio (somando escolas públicas e particulares) que universidades no Brasil. Para solucionar parcialmente o problema e abrir mais oportunidades de estudo o governo possui alguns programas como o FIES e ProUni.

O FIES ou Financiamento Estudantil ajuda jovens de baixa renda a financiar seus estudos. Com verba federal o aluno matriculado em universidade ou faculdade privada pode pagar seus estudos apenas depois que os concluir. Com o diploma na mão tem até dois anos para pagar todo o valor do curso. O Enem é pré requisito para conseguir o financiamento.

Já o ProUni abre bolsas de estudos em instituições particulares de 50% a 100%. O aluno deve se cadastrar no ano anterior e informar o curso e instituição pretendida e fazer a prova do Enem. O programa ainda beneficia professores da rede pública em busca de melhor profissionalização para exercer bem seu trabalho.

Nestes dois tipos de programas os alunos devem:

  • ter concluído o ensino médio
  • ter renda familiar máxima de três salários mínimos
  • ter feito o Enem a partir de 2014
  • não ter nota zero na redação do Enem ou menor que 450 na prova de conhecimentos gerais
  • não ter diploma

Benefícios do governo para empregos

Um dos maiores programas para quem deseja se inserir no mercado de trabalho é o Pronatec. A proposta é ofertar cursos profissionalizantes completamente gratuitos para jovens e adultos com desejo de conseguir uma boa vaga de emprego.

Os cursos são das mais diversas áreas como profissionais de construção, mecânica, para atuação em fábrica e laboratorial. Podem ser feitos na modalidade à distância ou em cursos presencial. Uma das instituições em parceria com o Governo é o Senai com vagas exclusivas para o programa.

Salário de um enfermeiro se equivale ao trabalho realizado?

O enfermeiro trabalha na maioria das vezes no ambiente hospitalar em parceira com médicos, cirurgiões e demais profissionais. É de importância vital em centros de saúde e alguns trabalham em residências, atendendo pacientes idosos ou com necessidades especiais e/ou especificas. No hospital ele é responsável por informações sobre os pacientes bem como pela alimentação e administração de remédios no mesmo.

Uma pequena lista das atividades desempenhadas por este profissional é:

  • Ser assistente de médicos em cirurgias.
  • Ministrar e receitar certos medicamentos.
  • Trabalho preventivo e de controle de determinadas doenças, especialmente infecciosas e transmissíveis.
  • Integrar equipes de salvamento e resgate pra auxiliar ou executar os primeiros socorros.
  • Atendimento ambulatório em empresas ou em residências.
  • Orientar sobre a prevenção de doenças na sociedade.

Por ter uma visão bem ampla do sistema de saúde no qual está inserido ele conhece diversas técnicas de atenção médica, que vão desde os primeiros socorros até atendimento avançado. O mercado de trabalho para os enfermeiros não está mal, podendo ser contratados em diversos locais como hospitais públicos/particulares, consultórios e até empresas. A área de home care (atendimento em casa) é uma das que mais cresce. O salário do enfermeiro pode variar de acordo o seu nível e onde está inserido, mas segue a seguinte média:

  • Auxiliar de enfermagem: R$1,500. Atende aos enfermos com pouca gravidade sobre a supervisão de um enfermeiro experiente.
  • Enfermeiro: R$2,500. É parte integrante da equipe médica com capacidade organizar e direcionar os serviços de enfermagem. Pode planejar serviços de atendimento ou prestar consultoria em empresas.
  • Enfermeiro Chefe: R$2,500. AS mesmas funções do enfermeiro, porém encarregado de liderar equipes em hospitais ou clinicas.
  • Supervisor de Enfermagem: R$3,600. Supervisiona os enfermeiros durante o trabalho com atenção para corrigir eventuais erros. Trabalha em conjunto com o Coordenador e futuramente pode vir a ocupar seu lugar.
  • Coordenador de Enfermagem: R$4,300. Coordena e avalie o trabalho de outros enfermeiros. Responsabiliza-se pelos enfermeiros novatos e auxiliares. Define estratégias de combate e prevenção em centros de saúde.

Lembrando que o menor valor pago a uma enfermeira, ou qualquer outro profissional não pode ser menor que o salário mínimo federal ou então regional. Isso irá depender do estado em que você reside.

Estas são as funções básicas dos enfermeiros. Existem ainda enfermeiros especializados em certas áreas para atuar com profissionais específicos como na radiologia ou nefrologia. Outros que são responsáveis por processos de descarte e/ou organização de material clinico, cuidadores de idosos ou atuam em asilos. A área de trabalho do enfermeiro é bastante abrangente. Ele também pode buscar a licenciatura para poder ministrar aulas de enfermagem em cursos técnicos ou workshops.